fbpx

Seu guia para o Boliviano, a moeda da Bolívia

Se você estiver enviando dinheiro para a Bolívia ou planejando viajar para lá, talvez precise transformar seu USD, CAD, euros ou libras em bolivianos.

Para ver o câmbio atual de boliviano para dólar, confira a taxa de hoje com a Remitly.

O boliviano (BOB) é a moeda oficial da Bolívia. O símbolo para o boliviano é “Bs”. O boliviano é subdividido em 100 centavos e é emitido pelo banco central da Bolívia, o Banco Central de Bolívia.

  • Código cambial: BOB
  • Símbolo: Bs para bolivianos e c. para centavos
  • As notas são emitidas nas seguintes denominações: Bs10, Bs20, Bs50, Bs20 e Bs200.
  • As moedas são emitidas nas seguintes denominações: c. 10, c. 20, c. 50, Bs1, Bs2 e Bs5.

No momento em que escrevo, a taxa de câmbio de $1 está em torno de Bs6,5, e 1 euro em torno de Bs7,5.

Boliviano, a moeda da Bolívia

5 Fatos interessantes sobre o Boliviano, a moeda da Bolívia

1. O primeiro boliviano remonta à década de 1860.

A moeda usada na Bolívia hoje é na verdade a segunda iteração do boliviano. Boliviano foi o nome da moeda na Bolívia entre 1864 e 1963. Ele foi substituído devido ao aumento da inflação pelo “peso boliviano”.

A versão atual do boliviano foi introduzida em 1987.

2. O boliviano é uma moeda estável.

Desde 2012, o banco central conseguiu manter o valor do boliviano estável em 6,9 bolivianos por dólar americano.

Durante esse período, a taxa de inflação no país também se estabilizou, atingindo uma mínima de menos de 2% em 2019, o último ano para o qual os dados estão disponíveis. (Desde então, a pandemia e a geopolítica do COVID-19 levaram a taxas mais altas de inflação em grande parte do mundo.)

3. Cada denominação do boliviano tem uma cor distinta.

Com a emissão mais recente de notas de boliviano em 2018, cada nota veio com uma cor diferente.

  • Bs10 é azul.
  • Bs20 é laranja.
  • Bs50 é roxa.
  • Bs100 é vermelha.
  • Bs200 é marrom.

4. As notas de bolivianos apresentam figuras proeminentes da Bolívia.

A edição de 2018 das notas apresenta figuras proeminentes e revolucionários da Bolívia na frente e vinhetas da paisagem e símbolos culturais do país na parte de trás.

  • A nota de Bs10 apresenta os patriotas bolivianos José Santos “El Tambor” Vargas, Apiaguaiki Tumpa e Eustaquio “El Moto” Méndez na frente e a Isla del Pescado no Salar de Uyuni na parte de trás, juntamente com um beija-flor e a planta de flor Rainha dos Andes.
  • A nota de Bs20 apresenta os heróis de guerra e revolucionários bolivianos Genoveva Ríos, Tomás Katari e Pedro Ignacio Muiba na frente e um jacaré preto na parte de trás.
  • A nota de Bs50 apresenta os revolucionários bolivianos José Manuel “Cañoto” Baca, Bruno Racua e Pablo Zárate na frente e o vulcão Nevado Sajama, o flamingo andino e a quinoa de grãos na parte de trás.
  • A nota de Bs100 apresenta os revolucionários bolivianos Juana Azurduy de Padilla, Alejo Calatayud e Antonio José de Sucre na frente e as Cachoeiras Arco-Íris, a flora nativa e a Arara de Jacinto na parte de trás.
  • A nota de Bs200 apresenta Túpac Katari, Bartolina Sisa e Simón Bolivar na frente e o local histórico de Tiwanaku, a flora nativa e o ameaçado e tradicionalmente sagrado gato-andino na parte de trás.

5. As notas de bolivianos são impressas no exterior.

Muitos países com economias emergentes optam por imprimir e cunhar suas moedas no exterior, e a Bolívia não é exceção.

Embora a Bolívia tenha cunhado muitas moedas durante a era colonial devido aos seus depósitos minerais, a impressão e a cunhagem de moeda foram posteriormente suspensas no país, pois o dinheiro poderia ser produzido no exterior por um custo menor.

Sobre a Bolívia

A Bolívia é um país sem litoral na América do Sul que faz fronteira com o Brasil ao norte e leste, Peru e Chile ao oeste, e Argentina e Paraguai ao sul. A Bolívia compartilha o Lago Titicaca, o segundo maior lago da América do Sul, com o Peru. O país tem uma história rica e já foi a sede do antigo império Tiwanaku. Foi parte do império Inca do século XV ao início do século XVI.

A capital constitucional é a cidade histórica de Sucre, onde se situa o Supremo Tribunal Federal. A capital administrativa é La Paz, onde operam os poderes executivo e legislativo.

A Bolívia abriga mais de 11,8 milhões de pessoas. Tem sido tradicionalmente vista como um país montanhoso, embora apenas um terço de seu território esteja nas montanhas dos Andes. Muitas das maiores cidades do país estão localizadas nas altas planícies e montanhas, onde historicamente atraíram investimentos em mineração, comércio e outros negócios. As planícies orientais se desenvolveram rapidamente no século passado.

A Bolívia, como muitos países da América Central e do Sul, consiste em três grupos étnicos principais: povos indígenas, mestiços (de origem mista indígena e europeia) e povos de origem europeia (principalmente da Espanha). Mais de dois terços do país se identificam como mestiços, com cerca de 20% se identificando como indígenas e 5% como brancos. Os maiores grupos indígenas são os Aymara, Quechua e Guarani. O espanhol e 36 línguas indígenas são as línguas oficiais na Bolívia. A maioria é católica romana (cerca de 76%), com pequenos grupos de outras seitas cristãs.

Boliviano, a moeda da Bolívia

Enviando dinheiro para Bolívia

Você pode enviar dinheiro para a Bolívia com a Remitly. Novos clientes podem receber uma oferta especial em sua primeira transferência.

A Remitly torna as transferências internacionais de dinheiro mais rápidas, fáceis, transparentes e acessíveis. Desde 2011, mais de 5 milhões de pessoas usaram nosso aplicativo móvel seguro para enviar dinheiro para casa com tranquilidade. Visite a página inicial, baixe nosso aplicativo ou confira nossa Central de Ajuda para começar.

Leitura adicional

Visite a Remitly para obter mais informações sobre como “limpar” e organizar suas finanças, tudo o que precisa de saber sobre inflação e como enviar dinheiro no seu idioma preferido com o app da Remitly.