fbpx

10 lanches clássicos brasileiros que são genuinamente deliciosos

Esteja você relaxando em Ipanema, com uma cerveja na mão, ou passeando pelas ruas de São Paulo em busca de algo leve para comer, não se preocupe, o Brasil te oferece uma enorme variedade de lanches.

Se você está a passeio, com certeza vale a pena conhecer o Brasil pela comida. Ou talvez você esteja se mudando para o Brasil, ou você é um brasileiro que emigrou recentemente e está com saudades de casa?

Continue lendo para aprender sobre alguns dos lanches salgados mais comuns em todo o Brasil. 

1. Pão de Queijo

Você pode encontrar pão de queijo em qualquer lugar do Brasil. A maioria das pessoas desfruta dessas bolinhas de pão de queijo na cafeteria local acompanhadas de um expresso, ou “cafezinho”.

Elaboradas com farinha de tapioca, as bolas de massa são macias e fofas, com a parte externa crocante. Historicamente, o pão de queijo é mineiro, mas agora é um lanche nacionalmente amado.

2. Pastel

Os pastéis são uma comida de rua comum no Brasil. Imagine uma massa frita recheada com recheios salgados saborosos, como queijo, frango, camarão ou palmito.

Alguns dizem que o pastel veio ao Brasil com imigrantes asiáticos, que adaptaram a receita do wonton chinês para criar o lanche. Hoje em dia é apreciado por todos os brasileiros – tradicionalmente aos domingos nas feiras com um copo de caldo de cana ou uma cerveja gelada.

3. Romeu e Julieta

Os amantes desafortunados Romeu e Julieta formam um par perfeito, e o mesmo vale para este lanche. Romeu e Juileta consiste em fatias de goiabada e um queijo mole de Minas Gerais chamado queijo minas.

Normalmente servido como aperitivo em festas, Romeu e Julieta é um lanche brasileiro bem tradicional.

4. Coxinha

No Brasil, a coxinha é outra comida de rua comum. Esses croquetes de frango crocantes são servidos em todos os lugares, de padarias a restaurantes chiques, de bares a postos de gasolina. O nome coxinha é dado porque o lanche tem o formato de uma coxa ou de uma pequena lágrima.

Para fazê-las, forma-se uma massa criada com caldo de galinha e batata em volta do frango desfiado e requeijão, e em seguida frita por imersão.

Diz a lenda que o prato tem origem na realeza – a história diz que um dos filhos da princesa Isabel, no século 19, se recusou a comer qualquer coisa além de coxinhas de frango, até que um dia elas acabaram. O chefe da família decidiu então desfiar a carne de outras partes do frango, moldá-las em forma de coxa e fritar para enganar a criança. Estava tão gostoso que a Imperatriz Teresa Cristina mandou que o lanche fosse servido nas cozinhas reais de todo o Brasil.

5. Pamonha

Pamonhas são semelhantes aos tamales mexicanos. Para fazer a pamonha, é feita uma pasta de milho ralado e espremido. A pasta é então recheada com diversos sabores, envolvida em palha de milho e fervida.

Embora as pamonhas possam ser adoçadas colocando leite de coco na massa, elas são mais comumente recheadas com queijo ou carnes. Pamonha costuma ser comida durante as celebrações da Festa Junina, que marca o fim da temporada da colheita.

6. Tapioca

Naturalmente sem glúten, a tapioca é um lanche incrivelmente versátil, pois pode ser recheada com qualquer sabor para criar uma espécie de panqueca. Você pode encontrar tapiocas facilmente em feiras de comida de rua pelo Brasil, onde as “panquecas” são preparadas na hora e recheadas com o que você quiser, de queijo e carnes a coco e banana.

Para fazer a mistura da tapioca, o amido da tapioca é umedecido com água e passado por uma peneira para formar um pó fino. Esse pó vai direto para uma panela quente para formar uma “panqueca”.

7. Bolo de aipim

Perfeito com café no meio da tarde para se sentir revigorado, o bolo de aipim é um bolo denso feito com aipim, ou mandioca, e coco. O bolo de aipim tem uma consistência parecida com a de um brownie e é naturalmente sem glúten.

Esse lanche é frequentemente apreciado nas festas de Santo Antônio, São Pedro e São João, quando os brasileiros comem um pedaço de bolo de aipim sentados ao redor de uma fogueira.

8. Pão de batata

O pão de batata é um lanche muito popular, muitas vezes servido com queijo Catupiry, uma marca particular de requeijão. O pão normalmente é feito em pequenos formatos redondos e pode ser encontrado em padarias de todo o Brasil.

9. Queijo de Minas Frescal

O Queijo de Minas Frescal é um queijo brasileiro icônico. Ele é feito à mão com leite de vaca, o que lhe confere um sabor suave e levemente salgado que o torna perfeito para sanduíches, panquecas e doces.

O queijo pode até ser frito na manteiga ou adicionado a saladas ou vegetais durante o cozimento.

10. Acarajé

Originário da Bahia, no nordeste do Brasil, o Acarajé é um pequeno bolinho feito de feijão-fradinho (ou feijão-de-corda) e frito em óleo de dendê, um óleo de palma brasileiro.

O bolinho é então cortado ao meio e recheado com pimenta, camarão seco e vatapá, massa tradicional feita com pão moído, leite de coco, pimentão e salsa.

O acarajé é facilmente encontrado em feiras de comida de rua em todo o Brasil, mas especialmente no Rio de Janeiro e na Bahia.

Lanches brasileiros

A culinária brasileira é rica e variada, e certamente vale a pena experimentar esses tradicionais lanches brasileiros. Se você algum dia estiver em um bar carioca, peça uma coxinha. Se você tiver a sorte de estar no Brasil durante a Festa Junina, experimente um pedaço de pamonha.

Se você estiver interessado em conhecer outros pratos brasileiros, como tigelas de açaí cobertas de granola ou o Barreado de influência portuguesa, confira nosso artigo sobre a culinária tradicional brasileira (link).

Sobre a Remitly

A Remitly torna as transferências internacionais de dinheiro mais rápidas, fáceis, transparentes e acessíveis. Nosso aplicativo móvel confiável e fácil de usar tem a confiança de mais de 5 milhões de pessoas em todo o mundo.

Visite a página inicial ou baixe nosso aplicativo para saber mais.