Sistema de pagamentos Pix: Como transferir dinheiro para o Brasil

Para quem está visitando, se mudando ou fazendo negócios no Brasil, temos uma ótima notícia para você: o governo brasileiro lançou um novo sistema de pagamento eletrônico projetado para tornar as compras, pagamentos e transferências muito mais fáceis. O Pix é um sistema de pagamento rápido do Banco Central do Brasil que entrou em operação em 2020.

Os pagamentos Pix podem ser usados para fazer compras, pagar contas e enviar e receber dinheiro. Ao contrário de um pagamento TED ou DOC, que pode levar dias para ser descontado, o Pix é um sistema de pagamento instantâneo em que você pode receber seu dinheiro de forma rápida e segura.

Aqui está tudo o que você precisa saber sobre o sistema de pagamento Pix e como você pode usar a Remitly para transferir dinheiro usando uma chave Pix.

Sistema de pagamentos Pix

O que são pagamentos Pix?

O Pix é um sistema de pagamento rápido criado pelo Banco Central do Brasil (BCB) e lançado em 2020. Como banco central do Brasil, o BCB tem controle sobre grande parte da política monetária do país.

Todas as outras instituições financeiras com pelo menos 500.000 contas são obrigadas a participar do sistema de pagamentos Pix, e instituições menores podem optar por participar voluntariamente.

O Pix usa um aplicativo que atua como uma carteira digital e cria códigos QR exclusivos para facilitar as transações entre os usuários. Os usuários podem fazer pagamentos em tempo quase real (as transações acontecem em segundos), tornando este um sistema de pagamento muito eficiente.

Anteriormente, as transações só podiam ser processadas durante o horário comercial, então o Pix cria um sistema financeiro mais eficiente, disponível 24 horas por dia, 7 dias por semana.

Ao introduzir os pagamentos Pix, o Brasil está na vanguarda da fintech na América Latina, com até seis em cada 10 brasileiros usando o sistema. 

Como os pagamentos Pix são usados?

O Pix transfere fundos eletronicamente entre contas de usuário. Os possíveis usos incluem:

  • Pessoas que desejam transferir dinheiro para outras pessoas, como pagar a um amigo
  • Indivíduos que precisam pagar por serviços governamentais
  • Empresas que pagam funcionários ou freelancers
  • Clientes que compram itens em varejistas participantes, tanto pessoalmente quanto online
  • Empresas que compram bens ou serviços

O sistema de pagamento Pix permite que as pessoas façam transações instantaneamente, mesmo quando os bancos estão normalmente fechados. Isso é importante porque uma das barreiras percebidas para o uso de cartões de crédito ou débito era que as transações só eram finalizadas durante o horário bancário.

Além disso, o Pix promove a inclusão financeira no Brasil, tornando os pagamentos acessíveis aos brasileiros que não possuem conta bancária. Tudo que você precisa é de uma chave Pix pessoal.

Como funcionam as chaves Pix?

Para usar a plataforma de pagamentos Pix, cada usuário configura uma chave Pix exclusiva. 

Existem quatro tipos de chave que você pode escolher: endereço de e-mail, número de celular, CPF ou CNPJ (Cadastro de Pessoa Física/Jurídica no Brasil) ou uma chave atribuída aleatoriamente. Uma vez criada, a chave se torna a conta do usuário para transações em Pix.

Para registrar uma chave de endereço, o usuário combina com uma instituição financeira para confirmar e vincular a chave à sua conta. Alguém também pode configurar uma chave de endereço sem registrá-la, o que significa que mesmo aqueles que não usam um banco ainda podem usar este sistema. 

No entanto, de acordo com o Banco Central do Brasil, é altamente recomendável registrar sua chave Pix: “Embora você possa receber transações apenas informando os dados da sua conta, essa opção não é tão prática quanto usar a chave e pode causar um atraso no início da transação, reduzindo a vantagem do pagador em fazer um Pix.”

Uma vez que um indivíduo tenha sua própria chave Pix, ele pode usá-la como método de pagamento para muitos tipos de transações. Ele funciona fornecendo as informações de chave de endereço do indivíduo ou criando um código QR que pode ser escaneado para concluir a transação. 

Uma vez iniciada a transação, o titular da conta pode ver as informações e confirmar o pagamento, fornecendo um processo de checkout transparente para ambas as partes.

Razões para usar Pix no Brasil

Há muitas razões para usar o Pix como seu principal método de pagamento no Brasil. O Pix ajuda a manter os custos de transação baixos em comparação com o uso de um cartão de crédito ou débito.

Além disso, o beneficiário tem acesso rápido ao pagamento, sem ter que esperar dias para que a transação seja concluída.

Se você é uma empresa, isso pode abrir mais opções de pagamento para clientes presenciais que não têm uma conta bancária, mas querem a segurança de não transportar dinheiro.

Além disso, esse tipo de pagamento digital pode ser uma boa alternativa aos cartões de crédito e débito, uma vez que parte da população brasileira continua desconfiada de fraudes em instituições financeiras.

Além disso, existem controles de privacidade rígidos em vigor, para que você não precise se preocupar com hackers ou golpistas tendo acesso às suas informações financeiras.

Sistema de pagamentos Pix

Exceções à plataforma de pagamentos Pix

Embora o sistema Pix brasileiro seja versátil e prático, existem algumas exceções que podem limitar sua funcionalidade para alguns tipos de transações.

Por exemplo, uma empresa que permite Pix como método de pagamento pode colocar um limite máximo no número de transações Pix que um indivíduo pode processar – seja por dia, mês ou no total. Existem regulamentações em torno dos limites mínimos que as empresas podem definir. 

Além disso, embora os clientes possam usar o sistema Pix Saque para fazer saques em caixas eletrônicos, pode haver limites de quando e onde eles podem acessar esse serviço.

Por fim, o sistema Pix está disponível apenas para transações brasileiras. Se você quiser enviar dinheiro internacionalmente, precisará usar um serviço de terceiros, como a Remitly.

Como usar o Pix com a Remitly

A Remitly é a primeira empresa de remessas internacionais a habilitar pagamentos Pix através do nosso aplicativo. Isso facilita o envio de dinheiro para o Banco do Brasil ou qualquer outro banco brasileiro.

Tudo o que você precisa fazer é pedir ao seu destinatário a chave Pix. Uma vez que você tem isso, o resto do processo de transferência é fácil.

Basta baixar o aplicativo, se cadastrar e selecionar o Brasil como seu país de destino. Em seguida, escolha Pix como método de entrega e digite a chave Pix do destinatário.

Se o destinatário não tiver uma chave Pix, você ainda pode enviar dinheiro para a conta bancária dele, mas precisará inserir mais informações para chegar ao lugar certo.

Ótimas taxas de câmbio e tarifas baixas

Como a plataforma de pagamento Pix utiliza o real brasileiro (R$), qualquer moeda estrangeira será convertida para R$ quando transferida através da plataforma.

Então, se você está enviando dinheiro dos EUA para o Brasil, por exemplo, você vai querer ficar de olho na taxa de câmbio entre o dólar americano (USD) e o BRL.

Dica Pro: A Remitly oferece uma taxa de câmbio promocional para sua primeira transferência para o Brasil, para ajudar mais dinheiro a chegar em casa.

Conclusão

O sistema de pagamento Pix é uma maneira rápida e fácil de enviar dinheiro para amigos e familiares no Brasil. Mas se você estiver transferindo dinheiro internacionalmente, precisará usar um serviço de transferência de dinheiro adicional para concluir a transação. 

Com a Remitly, isso é fácil. Depois de configurar, você pode enviar dinheiro para qualquer pessoa no Brasil usando sua chave Pix pessoal.

Baixe nosso aplicativo e mostraremos como começar.

Leitura adicional